#Rio Real
Publicada em: 06/05/2017 | 2888 Visualizações
Mulher é presa após matar amante que ameaçou divulgar vídeos íntimos na Bahia
Segundo a polícia, Regivânia Souza ateou fogo em Antônio Roque, na cidade de Rio Real, depois que ele disse que iria espalhar imagens íntimas dos dois.
Regivânia Moreira de Souza foi presa, na manhã desta sexta-feira (5), por investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Rio Real, no Nordeste baiano, em cumprimento a um mandado de prisão pelo assassinato do amante Antônio Roque Silva de Oliveira, morto queimado. O casal se relacionava há dois anos.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o titular de Rio Real, delegado Jobson Lucas Marques, apurou que Regivânia e a vítima mantinham um relacionamento extraconjugal e, quando a relação acabou, Antônio não se conformou. A partir daí, passou a fazer ameaças de que divulgaria vídeos íntimos do casal nas redes sociais, caso não reatasse o envolvimento, o que teria levado a mulher a atacá-lo.

A mulher chegou a ser interrogada sobre o crime na Delegacia de Rio Real, mas negou que soubesse alguma coisa, mudando a versão quando foi confrontada com as provas colhidas durante a investigação. “Regivânia ligou para a vítima marcando um encontro minutos antes do crime”, explicou o delegado. Ela será encaminhada ao sistema prisional.

Correio da Bahia