Publicada em: 11/01/2019 | 227 Visualizações

: Em ação rápida policiais militares evitam feminicídio e prendem agressor em flagrante em Crisópolis







Nesse final de semana, por pouco, mais uma mulher iria entrar no alarmante índice de feminicídio do país. Onde em alguns casos os companheiros têm agredido as suas companheiras até à morte. Foi o que iria acontecer com uma moradora do povoado Gangu no Município de Crisópolis, área de atuação do 3°Pelotão/6ªCIPM.

Na madrugada de Domingo, 06, a guarnição de plantão recebeu a informação do Centro Integrado de Comunicação, sediado em Esplanada, de uma ocorrência envolvendo violência doméstica e familiar. Sendo assim, prontamente foi realizado o deslocamento até a localidade que fica na zona rural com o objetivo de verificar a informação. Ao chegar na residência o agressor ao perceber a presença da viatura policial, cessou a ação criminosa e tentou fugir pelos fundos, porém, em ação rápida, os militares conseguiram prendê-lo. A vítima estava desmaiada com vários hematomas pelo corpo.

Diante da gravidade da vítima foi solicitado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que prestou os primeiros socorros e logo depois conduzindo ao hospital. Foram encontrados na casa, com marcas de sangue, uma faca, tipo peixeira, e um barrote de madeira.

Por fim, o autor foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Rio Real, plantonista do final de semana na região, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante, conforme a lei Maria da Penha e demais normas pertinentes ao caso.
Por: 6°CIPM




santanaweb@riorealonline.com